Loulé Velho
CNS: 745
Tipo: Villa
Distrito/Concelho/Freguesia: Faro/Loulé/Quarteira
Período: Romano
Descrição: "Loulé Velho" é um sítio incontornável no panorama do domínio romano do litoral algarvio, apresentando uma ocupação que vai desde o Século I a.C. ao século VI/VII. Trata-se de uma luxuosa villa que, dada a sua localização geográfica, funcionou como pólo aglutinador de população, com a capacidade de gerar actividades económicas que proporcionaram a sua contínua ocupação. Situada numa península, contava com inúmeros recursos marinhos (evidenciados pelo conjunto de cetárias de grandes dimensões que demonstra a existência do fabrico do garum) e agrícolas (evidenciada pela descoberta de três pesos de lagar). As cerâmicas encontradas atestam importantes ligações comerciais com outros pontos do império romano ao longo de toda a sua ocupação. Durante a Idade Média a presença Islâmica é inegável, ainda que os vestígios que nos chegam sejam em menor número do que os de época romana. Os trabalhos de investigação desenvolvidos no local foram sempre marcados pela descontinuidade e operaram mais como trabalho de emergência na medida em que procuraram sempre clarificar estruturas já visíveis ou em vias de destruição, nunca tendo sido explorado o terreno sob o pinhal. Pesa ainda o facto de a maioria do espólio recolhido não ter qualquer tipo de enquadramento estratigráfico.Nº DANS 6959 - villa portuária. Em Julho de 2010, esqueleto descoberto pela derrocada da arriba na Praia do Trafal.
Meio: Terrestre
Acesso: 700m a Oeste de Vale de Lobo.
Espólio: Base de coluna, tijolos com inscrições, mosaicos, terra sigillata, asas de ânforas, moedas, estatueta, placa de cinturão em bronze.
Depositários: Museu Municipal de Arqueologia de Loulé e Museu Nacional de Arqueologia
Classificação: -
Conservação: -
Processos: S - 00745
Trabalhos (1)
Bibliografia (17)

Fotografias (16)
1971, aspectos gerais 1971, aspectos gerais 1971, aspectos gerais 1978, vestigios de cetárias de grandes dimensões 1978, efeito da abrasão na arriba 1978, cetárias vistas de sul 1978, corte de uma parede das cetárias 1978, pormenor da construção das cetárias 1980, cetária entulhada 9 de Março de 1980, peso de lagar encastrado na arriba 23 de Março de 1980, peso de lagar já caido na praia 1981, bases das cetárias completamente soltas 1989, materiais arqueológicos provenientes da arriba 1997, materiais arqueológicos misturados com os lodos 2003, materiais de construção na praia 2004, corte das pequenas cetárias