Cantina de Leiranco/Cantina de Leiranque
CNS: 19818
Tipo: Miliário
Distrito/Concelho/Freguesia: Vila Real/Montalegre/Viade de Baixo e Fervidelas
Período: Romano
Descrição: Marco anepígrafo da Via XVII do Itinerário de Antonino. Procede das imediações da Cantina do Leiranque/ Cruz de Leiranque, local actualmente submerso pela albufeira do Alto Rabagão. Foi posteriormente levado para junto da EN 103 e só depois para a entrada da aldeia de Viade de Baixo, onde se encontrava em 2005. É um marco cilíndrico, de granito de grão grosseiro a médio, ao centro foi escavado um pequeno nicho por ter servido de base duma cruz. Segundo Argote (1732-47) ...outro padrão sem letras se vê no sítio, a que chamam a Cruz de Leiranco, a qual cruz está posta sobre o tal Padrão, que tem doze palmos de alto, e nove de circunfrencia, e dizem foy trazido alli de uma Villa arruinada, chamada Mel. Segundo os dados referidos por António Rodrigues Colmenero, encontra-se actualmente na Praça da Aldeia de Viade de Baixo.
Meio: Terrestre
Acesso: Foi retirado do local original aquando das obras da albufeira para junto do cruzamento de Viade na E.N.103. Posteriormente foi levado para a entrada de Viade de Baixo.
Espólio: -
Depositários: -
Classificação: -
Conservação: Bom
Processos: 92/1(025)
Trabalhos (2)
Bibliografia (7)

Fotografias (0)