Covas de Seixo de Ansiães
CNS: 24413
Tipo: Mina
Distrito/Concelho/Freguesia: Bragança/Carrazeda de Ansiães/Seixo de Ansiães
Período: Romano
Descrição: Num relevo bastante acidentado que forma a pendente de interface entre o planalto de Ansiães e a margem direita do rio Douro desenvolve-se uma ampla área de encosta denominada entre a população local como Covas dos Mouros. Este sítio, como o seu topónimo sugere, constituiu uma antiga área de exploração mineira de ouro cuja cronologia se deverá situar ao longo do Período Romano. Os vestígios desta exploração eram patenteados por algumas cortas que rasgavam a zona da encosta a partir da cota de 50 metros acima do leito do Douro. Contudo, a plantação de uma vinha realizada há algumas décadas atrás acabou por destruir por completo esses vestígios mineiros, não restando actualmente testemunhos significativos da antiga exploração. A área encontra-se muito próximo de um habitat romano que assentou junto da margem do rio, próximo da Qtª da Srª da Ribeira, podendo estar numa directa relação com o mesmo.
Meio: Terrestre
Acesso: O acesso é efectuado directamente a partir de uma estreita estrada asfaltada que liga a aldeia de Beira Grande ao rio Douro
Espólio: -
Depositários: -
Classificação: -
Conservação: Destruído
Processos: -
Trabalhos (1)
Bibliografia (4)

Fotografias (0)