Labrunhal Fundeiro
CNS: 28429
Tipo: Inscrição
Distrito/Concelho/Freguesia: Castelo Branco/Proença-a-Nova/Proença-a-Nova e Peral
Período: Romano
Descrição: Na margem direita da ribeira do Labrunhal Fundeiro, ao arrotearem uma terra, foi achada, pelo Sr. Joaquim Fernandes, uma inscrição romana com antropónimos indígenas. É uma laje de xisto com 6/8cm de espessura, 95cm de altura e 30cm de largura; as letras têm 4cm tendo sido avivadas a giz amarelo. A inscrição encontra-se em casa do Sr. António Bernardes Fernandes, filho do achador. No topo do monte existem ainda restos de um montículo chamado a Cova da Moura. Junto a estes vestígios passa um divertículo da via Castelo Branco a Abrantes, ainda bem viva na memória das pessoas.
Meio: Terrestre
Acesso: Na estrada Proença-a-Nova-Relva da Louça, corta-se à direita por estrada de terra, 500m antes de chegar à povoação.
Espólio: Inscrição romana (primeira metade do século I d.C.).
Depositários: -
Classificação: -
Conservação: Bom
Processos: -
Trabalhos (0)
Bibliografia (1)

Fotografias (0)