Leiras dos Padrões
CNS: 32160
Tipo: Povoado
Distrito/Concelho/Freguesia: Vila Real/Montalegre/Chã
Período: Romano
Descrição: Entre Penedones e Parafita, na bordadura da barragem, junto à antiga estrada nacional encontram-se abundantes fragmentos cerâmicos de cronologia romana. Os materiais cerâmicos estão dispersos por uma vasta área, que envolve um conjunto de sepulturas antropomórficas perto de terrenos agrícolas mais a Norte. Trata-se muito provavelmente do local mencionado por Argote (Memorias para a história ecclesiastica de Braga, Tomo II, Lisboa, 1732-47), onde refere uma Villa de Mel arruinada. Junto ao local passava a Via Romana XVII, temos ainda neste sítio o topónimo Padrão, algo sugestivo para a existência de um miliário. Este local está certamente associado à Via romana XVII, que ligava Bracara Augusta (Braga) a Asturica Augusta (Astorga), por Aquae Flaviae (Chaves). Poderá eventualmente tratar-se de uma mansio. (estação importante do cursus publicus, pousada destinada à paragem diária, marcando o final de uma etapa e o local de pernoita). A área de implantação do sítio também é conhecida pelos topónimos Vale Martins, Villa de Mel, Antas ou Penedones.
Meio: Terrestre
Acesso: De Montalegre seguir em direcção à EN 103, Braga. Virar à esquerda em direcção ao Parque de Campismo de Penedones. Daqui seguir pelo estradão para Oeste. O povoado localiza-se junto aos últimos campos cultivados, à margem da albufeira, numa vasta área.
Espólio: Fragmentos de cerâmica romana.
Depositários: -
Classificação: -
Conservação: Destruído
Processos: 92/1(025)
Trabalhos (1)
Bibliografia (5)

Fotografias (0)