Monte do Corvo
CNS: 2028
Tipo: Villa
Distrito/Concelho/Freguesia: Beja/Ferreira do Alentejo/Alfundão e Peroguarda
Período: Romano
Descrição: Vestigíos de cerâmica de construção romana (tegulae), cerâmica comum e um fuste de uma coluna. Existe ainda na reserva lítica do Museu Municipal de Ferreira do Alentejo, um cipo cupiforme proveniente deste local. Segundo referencia bibliográfica, na zona onde se encontrou esta cupa, era frequente aparecerem fragmentos de cerâmica, lucernas, telhas e moedas romanas. As prospecções efectuadas no âmbito do bloco de rega de Alfundão, permitiram observar uma dispersão de materiais cuja densidade indicia uma classificação deste sítio como habitat e não como villa. Todavia é de sublinhar a invulgar quantidade de fragmentos de terra sigillata que se podem observar á superfície, normal para sítios de maior importância económica e social. Junto á casa do Monte do Corvo encontra-se uma soleira de porta em mármore fincada na esquina Oeste deste. Junto ao forno abobadado que existe no lado Este da casa encontra-se um enorme peso de lagar em mármore branco.
Meio: Terrestre
Acesso: Do lado Este da etsrada de Alfundão - Peroguarda
Espólio: Cipo cupiforme com inscrição, cerâmica de construção (tegulae, telhas) e comum de época romana, terra sigillata, lucernas; moedas; um fragmento de machado polido em anfibolite neo-calcolítico; norme peso de lagar em mármore branco.
Depositários: -
Classificação: -
Conservação: Outros
Processos: S - 02028, 2005/1(032) e 2006/1(567)
Trabalhos (2)
Bibliografia (1)

Fotografias (0)