Peroviseu
CNS: 3048
Tipo: Inscrição
Distrito/Concelho/Freguesia: Castelo Branco/Fundão/Pêro Viseu
Período: Romano
Descrição: Na casa paroquial desta povoação foi encontrado em 1971, reutilizado (servindo de peitoril de janela), um terminus augustalis. Este marcava a fronteira entre os Lanciences e os Igaeditanos. Este bloco, datando do tempo de Augusto (4 ou 5 d.C.), e com as dimensões 1,40 x 0.46 x 0.21 m, tem gravado o seguinte: IMP CAESAR AVG PONTIFEX/ MAX TRIB POTEST XXIIIX COS XIII / PATER PATRIAE TERMINVS AVGVSTALIS / INTER LANCIENSES ET IGAEDITANOS. Ao contrário de J. Monteiro (1974 a - b), que apresentou dele o primeiro estudo, Vaz (1977: 29) considera-o uma "cópia da inscrição original". J. Alarcão e F. Imperial chegam a admitir a possibilidade desta inscrição ser proveniente de Souto da Casa; admitem também que "os Lancienses do marco de Peroviseu correspondam aos Lancienses Ocelenses de Plínio "(Alarcão e Imperial, 1996: 41). Ainda carecem de confirmação no terreno duas indicações dadas por José Alves Monteiro (1974 a: 17-18, nota 19) e que parecem denunciar a presença de estações romanas: "Na baixa ou chã compreendida entre a aldeia de hoje e o sopé nordeste do cabeço das Ferrarias" onde "se diz haver tido assento o povoado predecessor do actual" encontram-se " em grande parte da chã e de ambos os lados da Calçada da Lameira do Forno, que a atravessa de este a oeste, (...) consideráveis vestígios de material de construção e olaria romana (...)". Parece subentender-se ainda, a partir de uma outra indicação de Alves Monteiro, que poderá existir outra estação romana (com tegulae e escória) "num cerrado com oliveiras atrás do cemitério".
Meio: Terrestre
Acesso: -
Espólio: -
Depositários: NÃO ASSOCIAR
Classificação: -
Conservação: -
Processos: 2000/1(069)
Trabalhos (0)
Bibliografia (1)

Fotografias (1)
Esquema da zona do Fundão