Monte Velho
CNS: 4403
Tipo: Vicus
Distrito/Concelho/Freguesia: Portalegre/Marvão/Beirã
Período: Romano e Alta Idade Média
Descrição: Localiza-se no sopé de uma encosta suave, voltada para Nascente, numa área de afloramentos graníticos. Também a Nascente corre um pequeno curso de água afluente do rio Sever. São visíveis algumas estruturas e inúmeras sepulturas escavadas na rocha. A abundância de cerâmica de cobertura (imbrices digitados e algumas tegulae), contrasta com a reduzida quantidade de cerâmica comum observada. O povoado é delimitado por alguns afloramentos, existindo também um muro de pedra seca a envolver o habitat. Afonso do Paço realizou neste habitat escavações arqueológicas tendo sido recolhida uma tegula com a inscrição cristã (Paço, 1949). Sepultura 1: comp: 1,72 m; larg: 51-45-39 cm; antropomórfica; O > E; fragmentada nos pés; com tampa ao lado (ds: 1,88 m x 0,84 m x 0,14 m); Sepultura 2: comp: 1,72 m; larg: 51-47-43 cm; antropomórfica; O > E; cheia de terra e pedras; junto da estrutura do forno; Sepultura 3: junto do monte de imbrices; comp: 1,98 m; larg: 66-61-63 cm; alt: 44 cm; rebordo: 15 cm; antropomórfica; SO > SE; no limite do afloramento; X - 640521; Y - 4370452; Sepultura 4: comp: 1,75 m; larg: 57-54-44 cm; alt: 40 cm; rebordo: 25 cm; não é antropomórfica; N > S; fotos: 524-526; junto a um sobreiro: Sepultura 5: comp: 1,85 m; larg: 70-60-37 cm; alt: 42 cm; rebordo: 20-24 cm; antropomórfica; NO > SE; cabeceira e pés bem definidos; fotos: 530-533: Sepultura 6: comp: 1,79 m; larg: 62-58-48 cm; alt: 39 cm; sem rebordo; não é antropomórfica; NO > SE; fracturada lateralmente nos pés; Sepultura 7: comp: 2,02 m; larg: 64-57-44 cm; alt: 35 cm; rebordo: 16 cm; NE > SO; com tampa ao lado (ds: 2,44 x 0,91 x 0,21 m); fotos: 534-536-538; Sepultura 8: comp: 1,78 m; larg: 43-40-35 cm; alt: 37 cm; sem rebordo; não é antropomórfica; S > N; fotos: 543-544; Sepultura 9: comp: 1,83 m; larg: 48-47-42 cm; alt: 39 cm; rebordo: 12 cm; ligeiramente antropomórfica; E > O; fotos: 545-546; Sepultura 10: comp: 1,85 m; larg: 58-51-39 cm; alt: 31 cm; rebordo discreto; antropomórfica; S > N; fotos: 547-549; Sepultura 11: comp: 1,77 m; larg: 57-49-44 cm; alt: 42 cm; rebordo: 18 cm; não é antropomórfica; O > E; fotos: 554-555; Sepultura 12: sepultura de criança; comp: 1,04 m; larg: 30-31-29 cm; alt: 20 cm; rebordo: 12 cm; antropomórfica; SO > NE; fotos: 556-557; Forno: interno: 1,85 m; vestígio de abóbada. Lagareta: ao lado do forno; comp: 87 cm; larg: 58-41 cm; alt: 25 cm; com dois orifícios de escoamento, laterais; Estela ?: Estela ou tampa de sepultura colocada na vertical, ao lado do forno; ds: 1,74 x 0,84 x 0,12 m; granito; Tampa de sepultura: encontra-se smi-enterrada; ds: 0,89 x 0,70 x 0,14 m; fotos: 501-505; Inicialmente o sítio encontrava-se no Endovelico como sendo uma oficína de tipologia romana. Os trabalhos realizados em 2010 permitiram a identificação de mais 16 sepulturas perfazendo um conjunto de 29.
Meio: Terrestre
Acesso: Caminho de terra, próximo da Murta (Beirã).
Espólio: Tegulae (escassos), imbrices digitados, cerâmica comum.
Depositários: Fundação Cidade de Ammaia
Classificação: -
Conservação: Regular
Processos: 2002/1(700), 2010/1(382) e S - 00300
Trabalhos (3)
Bibliografia (0)

Fotografias (0)