Castelo de Faria
CNS: 212
Tipo: Castelo
Distrito/Concelho/Freguesia: Braga/Barcelos/Milhazes, Vilar de Figos e Faria
Período: Idade do Bronze - Final, Romano e Medieval Cristão
Descrição: Localiza-se num outeiro íngreme e rochoso na encosta NO do monte da Fanqueira, revestido por densos pinhais. Tem três linhas de muralhas com construções e materiais de diversas épocas, desde o Bronze Final até aos finais da Idade Média. A muralha mais exterior pelo lado nascente e antes da bertura do caminho a estrada da Franqueira à freguesia de Milhazes, tinha a reforçá-la um largo fosso. Entre esta e a seguinte, mais interior, existem, do lado O, os alicerçes de cerca de 10 casas castrejas, algumas circulares e outras de planta oval e do lado e circulares e rectangulares. Algumas contém vestíbulo e lareira. No interior do recinto localiza-se a torre de menagem do castelo medieval, com planta quadrangular, e vestígios de muros adossados à muralha, que poderão ser restos dos paços do Alcaide. Entre esta muralha e a seguinte, mais abaixo, levanta-se um talude que sustenta as terras do socalco superior.
Meio: Terrestre
Acesso: EN 205, EM de acesso ao Carvalhal, continuando, à saída da povoação, no acesso ao castelo e Ermida de Nª Sª da Franqueira mo cimo do monte.
Espólio: Vários fragmentos cerâmicos de tipo "Penha" e "boquique", pontas de seta em xisto (Bronze Final), cerâmicas decoradas com motivos vários e razoável lote de panelas de asa interior, dolia, e um fragmento decorado com motivos humanos e animais (período Castrejo), louça com engobe vermelho-pompeiano, tijelas (Romano) e cerâmica ática. Espólio Medieval: estribos, ferraduras, cotas de malha, virotes, pontas de dardo, enxadas, foicinhas, espadas, moedas, cerâmica: olas, alguidares, púcaros, jarros
Depositários: -
Classificação: Classificado como MN - Monumento Nacional
Conservação: Bom
Processos: S - 00212, 2001/1(761) e 2005/1(370)
Trabalhos (8)
Bibliografia (10)

Fotografias (0)