Fonte do Sapo
CNS: 11674
Tipo: Vicus
Distrito/Concelho/Freguesia: Santarém/Abrantes/Mouriscas
Período: Romano
Descrição: O sítio implanta-se numa área plana onde foram detectadas várias estruturas habitacionais, que revelaram uma simplicidade ao nível arquitectónico, limitando-se a simples alicerces de uma área de produção. Aquando da escavação do sítio pelos Dr. Pedro Sobral e DR.ª Filomena Gaspar, encontrou-se industria ligada à tecelagem e tinturaria. Foram igualmente exumados do local cerâmica de construção, cerâmica comum de época romana, terra sigilata e elementos vários de mó. Foi ainda detectado um lajeado junto às estruturas. Em 1999, parte da estação foi alvo de destuição como resultado do uso de maquinaria pesada que procedia a abertura de valas nas obras da IP6, Abrantes/Mouriscas.
Meio: Terrestre
Acesso: Seguir pela estrada nacional 358 em direcção à estação da CP das Mouriscas. O sítio fica a cerca de 200m para Oeste, encostado ao IP6.
Espólio: Tegulae, Ímbrices, quartos de coluna, tijoleiras, cerâmica doméstica, pesos de tear, material vítrico.
Depositários: Museu Regional D. Lopo de Almeida, Abrantes
Classificação: -
Conservação: Em Perigo
Processos: S - 11674
Trabalhos (5)
Bibliografia (1)

Fotografias (0)