Santa Luzia
CNS: 2883
Tipo: Habitat
Distrito/Concelho/Freguesia: Bragança/Freixo de Espada à Cinta/Freixo de Espada à Cinta e Mazouco
Período: Romano, Idade Média e Indeterminado (Calcolítico?)
Descrição: Grande povoado aberto de época romana, com provável prolongamento pela Alta Idade Média, havendo uma antiga tradição local da festa a Santa Luzia, na capela que aqui existia e que há muito desapareceu. Não parece haver motivo para o considerar um povoado fortificado com origem na Idade do Ferro, como é referido em alguma bibliografia. Localiza-se num cabeço pouco destacado, sem condições de defesa natural, de vertentes suaves e vasto topo aplanado, rodeado de pequenas linhas de água, numa zona de excelentes solos agrícolas, não longe do rio Douro. Contíguos ficam os sítios de vale do Prado e da Coraceira, com os quais deverá ter relação directa. Os únicos indícios de uma ocupação pré-romana são duas pedras de granito consideradas estelas calcolíticas, ambas guardadas no museu de Bragança. A quantidade de achados é bastante grande, estando a maioria à guarda do proprietário do terreno ou da Câmara Municipal. Destacam-se diversos metais, moedas, um anel, vidros, o fragmento de uma estela funerária, etc. Há numerosos materiais de superfície, junto com cantarias de granito. Os achados que mais se destacam são a grande quantidade de berrões de granito aqui encontrados, e que contando com o berrão de Vale de Prado e o conjunto de berrões da Coraceira faz um conjunto total acima das duas dezenas, todos concentrados em Santa Luzia e nos dois sítios anexos. Nas imediações do local passava a via romana. O local deverá ter sido abandonado na Alta Idade Média, em detrimento da actual vila de Freixo de Espada à Cinta, com melhores condições de defesa
Meio: Terrestre
Acesso: A partir de Freixo de Espada à Cinta sai uma estrada, actualmente asfaltada na sua totalidade, que sai pela Ponte do Carril e dá acesso à aldeia de Mazouco. A meio caminho entre as duas localidades passa pelo sopé Sul do monte de Santa Luzia
Espólio: -
Depositários: Câmara Municipal de Freixo de Espada à Cinta , Elísio Óscar Capelas Avelar e Museu Municipal de Bragança - Abade Baçal
Classificação: -
Conservação: Mau
Processos: 83/1(068) e S - 02883
Trabalhos (1)
Bibliografia (8)

Fotografias (0)