Casal Serradas

Sítio (15800)
  • Tipo

    Vestígios Diversos

  • Distrito/Concelho/Freguesia

    Leiria/Leiria/Santa Catarina da Serra e Chainça

  • Período

    Romano

  • Descrição

    A cerca de 150 m. para nascente do limite nordeste da cidade de "Collippo", onde o acentuado declive da vertente se atenua, encontram-se vestigios de cerãmica doméstica comum e de construção (imbrices, lateres e tegulae). No local vêem-se ainda algumas pedras aparelhadas e um ou outro fragmento de escória de ferro. Estes vestígios distinguem-se claramete dos do limite da cidade já que existe um vazio arqueológico de cerca de 150m a separa-los. Parece tratar-se de mais um bairro periférico que se instalou nesta zona em virtude da topografia do terreno ser mais propícia, porque menos declivosa, à instalação de construções. Os vestígios aparecem mesmo concentrados em dois "loci" separados entre si por algumas dezenas de metros, por forma a ocupar as zonas de terrenos mais planas. Esta "insula" a avaliar pelos materiais que aparecem, deveria ser ocupada por gente de baixo estatuto social já que a cerãmica doméstica fina está prácticamente ausênte. O contraste com o limite nordeste da cidade, situado a cerca de 150m para poente, no início da vertente, é neste aspecto evidente, já que aqui abundam as cerâmicas domésticas finas, das quais foram recolhidos fragmentos de sigillata hispânica e de cerâmica com engobe de vermelho pompeiano.

  • Meio

    Terrestre

  • Acesso

    A cerca de 150m para nascente do limite nordeste da cidade de "Collippo".

  • Espólio

    Encontram-se vestigios de cerãmica doméstica comum e de construção (imbrices, lateres e tegulae). No local vêem-se ainda algumas pedras aparelhadas e um ou outro fragmento de escória de ferro.

  • Depositários

    -

  • Classificação

    -

  • Conservação

    -

  • Processos

    2004/1(199), 2006/1(471) e 98/1(773)

Bibliografia (0)

Fotografias (0)

Localização