Minas da Senhora da Fonte 1

Sítio (19797)
  • Tipo

    Villa

  • Distrito/Concelho/Freguesia

    Guarda/Pinhel/Vale de Massueime

  • Período

    Romano

  • Descrição

    A estação ocupa uma ampla plataforma localizada na margem direita da ribeira de Massueime, dividida entre as freguesias do Sorval e de Santa Eufémia. A ocorrência de mineralização neste local determinou uma exploração mineira recente, numa área muito próxima da estação. Os vestígios nos terrenos das antigas minas são visíveis à superfície, ocupando uma área de cerca de 7 hectares, correspondendo possivelmente a uma villa romana ou uma aldeia com uma villa nas proximidades. Tendo em conta o aparecimento de sigillata clara D, apontamos para uma ocupação do local pelo menos no século IV - V d.C.

  • Meio

    Terrestre

  • Acesso

    Acede-se através de um caminho de terra batida existente a Oeste do santuário da Senhora das Fontes, que conduz às antigas minas de volfrâmio, ou a partir de um caminho também de terra batida que sai da aldeia do Sorval.

  • Espólio

    Fragmentos de material de construção romano, cerâmica comum, terra sigillata, bases de colunas, mós manuais fragmento de movente em granito, circulares, pedra de canais e escória. Numa elevação que se destaca na paisagem, cerca da estação, localiza-se uma inscrição gravada com duas hipóteses de leitura: 1- DI(S) LEIA DEDIT PABANICUS (vel PARANICUS) 2- DI(S) LEIA DEDIT PABANIC(us) (vel PARANIC(us)) V(otum) s(olvit) 1 - Pabanico (ou Paranico) ofereceu aos deuses Leia e 2 - Leia ofereceu aos Deuses e Pabanico cumpriu o voto.

  • Depositários

    -

  • Classificação

    -

  • Conservação

    -

  • Processos

    2000/1(275) e 2008/1(057)

Bibliografia (1)

A Romanização na bacia do rio Côa (2003)

Fotografias (0)

Localização