Quinta de Santo António

Sítio (41145)
  • Tipo

    Necrópole

  • Distrito/Concelho/Freguesia

    Porto/Vila Nova de Gaia/Santa Marinha e São Pedro da Afurada

  • Período

    Neolítico, Idade do Ferro, Romano, Baixo Império, Alta Idade Média e Moderno

  • Descrição

    Trata-se de um espaço adjacente ao Castelo de Gaia, onde foi identificado uma longa diacronia de ocupação e uso do espaço, que remota desde a Idade do Ferro até à atualidade. Concretamente identificou-se um conjunto de estruturas e depósitos, que não foram alvo de escavação, mas que em associação com material identificado apontam para a existência de uma ocupação de época castreja. Sequencialmente, surgiram uma série de estruturas de cronologia tardo romana e que apesar das condicionantes espaciais, não permitam desenvolver uma leitura mais transversal do complexo, onde tratar-se-ia de uma ocupação bastante extensa. Os materiais identificados como, um relógio de sol, uma epígrafe em mármore e um pilarete do mesmo material, permite teorizar que o espaço teria uma funcionalidade administrativa ou porventura religiosa, particularmente quando aliado à ausência de cerâmica de uso doméstico ou produtivo. Simultaneamente foi identificado uma necrópole de época paleocristã/alto medieval, onde foram identificadas 8 sepulturas, ainda que apenas 4 tinham fornecido material osteológico. Tipologicamente estão orientadas a poente/Nascente, tratando-se de sarcófagos sem decoração e de tendência antropomórfica ou rectângular, com coberturas realizadas em granito e em certos casos de xisto. Os sepulcros obedecem ao mesmo padrão e orientação, que tipologicamente encontra-se plenamente inserida nas necrópoles alto medievais. Tratar-se-ia de um espaço utilizado durante uma larga diacronia temporal onde os investigadores devido à associação com as estruturas identificadas, pressupõem que poderia ter sido utilizada num momento antigo até á época alto medieval. Adicionalmente, muitas das estruturas de época Tardo-Romana foram reutilizadas neste momento. As ocupações de Época Moderna e medieval encontram-se bastantes removidas resumindo-se a estratos de nivelamento para a criação de socalcos, onde foram recolhidos diversos materiais cerâmicos dos vários momentos.

  • Meio

    Terrestre

  • Acesso

    O Terreno encontra-se confinado a sul do armazém da Quinta de Santo António, e a Noroeste com o atual muro do Convento de Santo António. Trata-se de uma plataforma acessível através da Rua Entre Quintas.

  • Espólio

    Diverso material cerâmico comum e de construção. Um Relógio de sol e artigos em metal.

  • Depositários

    -

  • Classificação

    -

  • Conservação

    Mau

  • Processos

    S - 41145 e 2001/1(136)

Trabalhos (1)

Bibliografia (5)

A cultura castreja no noroeste de Portugal.Habitat e cronologias. Portugália (1984)
Aspectos da proto-história e romanização no concelho de Vila Nova de Gaia e problemática do seu povoamento. Gaya (1984)
Convento de Santo António do Vale da Piedade. Boletim da Associação Cultural Amigos de Gaia (1995)
Muralha romana descoberta no Castelo de Gaia. Al-madan (2000)
Necrópoles e sepulturas medievais de Entre-Douro-e-Minho: séculos V a XV (1987)

Fotografias (0)

Localização