Castelo Branco - Sé Catedral

Sítio (4189)
  • Tipo

    Necrópole

  • Distrito/Concelho/Freguesia

    Castelo Branco/Castelo Branco/Castelo Branco

  • Período

    Idade Média, Moderno e Contemporâneo

  • Descrição

    Edifício do séc. XVI construído sobre um templo anterior de fundação medieval, localizado no cruzamento entre dois eixos viários que conduziam à entrada na cidade. Do templo anterior conservam-se alguns alicerces entre os quais os contrafortes actualmente visíveis na cabeceira do templo actual. A capela mor, ou cabeceira do templo ocupa a área de implantação do templo original, ampliando na zona do transepto, a área do imóvel. Registaram-se um conjunto lapidar reutilizado nas janelas pertencente à necrópole quinhentista que envolvia a área do templo, como aliás sugere o desenho de Duarte de Armas. Foi identificada nas vertentes Norte, Este e Sul a necrópole que envolvia o templo. A necrópole mais antiga é a identificada na vertente Este do logradouro, ou seja no terreno que envolve a cabeceira da Sé. Está formada por um elevado conjunto de sepulturas escavadas na rocha de variada tipologia, e em parte afectadas ou destruídas pela actual cabeceira. Nalgumas conservava-se os enterramentos, da última fase de utilização desta área da necrópole, entre os quais um que apresentava um elevado conjunto de patologias associadas a uma doença degenerativa. A necrópole Norte e Sul permanece em uttilização até, pelo menos, meados do séc. XIX.

  • Meio

    Terrestre

  • Acesso

    À entrada Norte de Castelo Branco, no largo da Sé

  • Espólio

    Cerâmica de construção, comum de cronologia moderna e contemporânea; moedas, alfinetes e objectos de adorno pessoal relacionados com os indivíduos sepultados; uma estela discoide

  • Depositários

    Museu de Francisco Tavares Proença Júnior

  • Classificação

    Classificado como IIP - Imóvel de Interesse Público

  • Conservação

    -

  • Processos

    S - 04189

Bibliografia (0)

Fotografias (0)

Localização