São Cucufate

Sítio (8)
  • Tipo

    Villa

  • Distrito/Concelho/Freguesia

    Beja/Vidigueira/Vila de Frades

  • Período

    Romano, Idade Média, Medieval Cristão e Moderno

  • Descrição

    A villa romana de São Cucufate localiza-se numa extensa plataforma, pouco elevada, mas com boa visibilidade sobre a planície, sobretudo para Sul, em direcção a Beja. Esta villa apresenta uma imponente dimensão espacial. Este sítio foi identificado e primeiramente escavado por D. Fernando de Almeida, em 1970, tendo publicado uma primeira planta geral da villa. Entre 1979 e 1984, os trabalhos arqueológicos desenvolvidos inserem-se num projecto de investigação dinamizado por uma equipa luso-francesa, dirigida por Jorge de Alarcão, Robert Étienne e Françoise Mayet. No início do século XXI, as intervenções realizadas enquadraram-se num projecto de valorização do sítio. Todos estes trabalhos permitiram identificar vestígios estruturais e artefactuais de uma imponente villa romana, com várias fases de construção e ocupação, cronologicamente balizadas entre o século I e os séculos V / VI d. C., bem como um mosteiro medieval (século XIII - XIV), com reutilizações em época moderna (século XV - XVII). Os vários projetos de construção que ocorrem na villa de Milreu entre os séculos II e IV d. C demonstram o crescimento económico e uma maior monumentalidade arquitetcónica e artística, evidenciando o elevado estatuto social dos seus proprietários. Com efeito, a villa da fase III, que apresenta as estruturas melhor conservadas, evidencia uma profunda reestruturação arquitectónica, enquadrando-se no modelo das "villae áulicas". Esta villa apresenta uma planta rectangular alongada, organizada a partir de uma fachada. A pars urbana ocupava o andar superior, contento os vários compartimentos da habitação do proprietário e a pars rustica instalava-se no piso térreo, incluindo vários espaços funcionais e os compartimentos destinados aos servos e escravos. As termas desta villa também sofreram várias remodelações ao longo do tempo de utilização, mas não se identificaram mudanças tão profundas como nas áreas domésticas. No século IV d. C. regista-se a construção, a Sul da villa, de um "edifício de culto" de planta quadrada e abside a Nordeste, com muitas semelhanças arquitectónicas a outros edifícios do Sul da Lusitânica, nomeadamente os das villae de Milreu (CNS 9) e Quinta do Marim (CNS 583), localizadas no Algarve. Inicialmente este edifício terá sido um templo associado ao culto de divindades pagãs, posteriormente cristianizado, como demonstra a utilização do pátio como espaço funerário. O conjunto de sepulturas de inumação identificadas nesta área apresenta uma morfologia rectangular, com estruturas simples (reutilização de materiais de construção romanos) e raro espólio, enquadrando-se nos rituais paleocristãos do Sul da Lusitânia. É provável que no século IX - X se tenha fundado um primeiro mosteiro na área da antiga villa romana, com o reaproveitamento das suas estruturas e materiais. No século XIII (1252) este espaço foi doado aos cónegos de S. Vicente de Fora de Lisboa, que restruturaram o mosteiro e fundaram a paróquia de São Cucufate e nele habitaram até ao século XVII. Posteriormente apenas permaneceu neste espaço um frade eremitão, mantendo-se a capela em funcionamento até ao século XVIII. (atualizado por C. Costeira, 12/02/19).

  • Meio

    Terrestre

  • Acesso

    Pela estrada que vai de Vila de Frades para Vila Alva, cerca de 1Km depois de Vila de Frades, caminho à direita.

  • Espólio

    Fragmentos de ânfora. Pedestal em mármore com relevos de Vénus e Esculápio - Sítio arqueológico de São Cucufate (Gonçalves, 2007)

  • Depositários

    -

  • Classificação

    Classificado como IIP - Imóvel de Interesse Público

  • Conservação

    Bom

  • Processos

    S - 00008

Bibliografia (28)

A cerâmica comum bética das villae romanas de São Cucufate: uma revisão. Revista Portuguesa de Arqueologia (2006)
A cerâmica comum das Villae romanas de São Cucufate (Beja) (2003)
A villa romana de S. Cucufate. Arqueologia (1981)
Artefactos romanos e pós-romanos de S. Cucufate. Conimbriga (1990)
As cerâmicas de "engobe vermelho pompeiano" da Alcáçova de Santarém. Revista Portuguesa de Arqueologia (2002)
As pinturas murais do santuário de São Cucufate (Vila de Frades - Vidigueira) (1989)
Colonização e aculturação do Alentejo romano. Arquivo de Beja (1998)
Escavações na villa luso-romana de S. Cucufate. Humanitas (1980)
Escultura e religião na Lusitânia. Religiões da Lusitânia. LOQUUNTUR SAXA (2002)
Escultura romana em Portugal: uma arte do quotidiano (2007)
Esculturas inéditas de época romana encontradas em Portugal. Cadernos de Arqueologia (1991)
Itinerários Arqueológicos do Alentejo e Algarve - Centro de Acolhimento e Interpretação de São Cucufate. Estudos/Património (2001)
Itinerários Arqueológicos do Alentejo e Algarve - O Sítio Arqueológico de São Cucufate. Estudos/Património (2001)
L'épiscopat de Lusitanie pendant l'Antiquité tardive (IIIe - VIIe siècles) (2002)
Las termas y balnea romanos de Lusitania (2004)
Les villas romaines de São Cucufate (Portugal) (1990)
Na mira da perfeição das artes e dos homens: Apollo e seu filho Aescvlapivs. Religiões da Lusitânia. LOQUUNTUR SAXA (2002)
Notas Históricas, Arqueológicas e Etnográficas do Baixo Alentejo: III - Ruínas do Mosteiro de S. Cucufate em Vila de Frades. Arquivo de Beja (1957)
Notícias sobre a villa romana de S.Cucufate. Actas do 2º Congresso Nacional de Arqueologia, Coimbra, 1970 (1971)
O azeite da Bética na Lusitânia. Conimbriga (1995)
Os monumentos cristãos da villa de S. Cucufate. 4ª Reunião de Arqueologia Cristã Hispânica, Lisboa (1995)
Pelo Baixo Alentejo. Notas históricas, arqueólogicas e etnográficas. Arquivo de Beja (1946)
Portugal Romano A Exploração dos Recursos Naturais (1997)
Roman Portugal (1988)
S. Cucufate. Roteiros da Arqueologia Portuguesa, 5 (1998)
Sítios arqueológicos visitáveis em Portugal. Al-madan (2001)
Uma síntese sobre a cristianização do mundo rural no sul da Lusitânia: Arqueologia - Arquitectura - Epigrafia (2011)
Vidros de S. Cucufate. Conimbriga (1990)

Fotografias (9)

Localização