Olival de Telhões (ou Aldeia Nova)

Sítio (10879)
  • Tipo

    Vestígios Diversos

  • Distrito/Concelho/Freguesia

    Guarda/Vila Nova de Foz Côa/Almendra

  • Período

    Romano

  • Descrição

    A cerca de 1Km para Sul do Monte Calabre regista-se grande quantidade de materiais, quer de construção (fragmento de opus signinum), quer cerâmicos. Tudo indica serem da época romana, mais propriamente entre os séculos IV a VII. De registar o facto de se terem encontrado escórias, parte do dormente de uma mó manual e um fuste granítico. As sondagens arqueológicas puseram a descoberto alguns muros cuja relação ainda não foi possível constatar, e um forno circular, escavado na terra.

  • Meio

    Terrestre

  • Acesso

    Quem vem de Almendra em direcção a Vila Nova de Foz Côa na estrada que leva à antiga estação da caminhos-de-ferro de Almendra e ao Rio Douro. Estrada Municipal n.º 332 ao km 4 encontra-se o sítio.

  • Espólio

    Cerâmica fina: sigillata hipânica tardia e um fragmento de sigillata sudgálica; cerâmica comum: fragmentos de potes e panelas, dolia, fragmento de cerâmica da idade do ferro; pesos de tear; metais: pregos; moeda em bronze.

  • Depositários

    Susana Maria Rodrigues Cosme

  • Classificação

    -

  • Conservação

    -

  • Processos

    S - 10879 e S - 01649

Bibliografia (9)

Aldeia Nova - Resultado de uma primeira sondagem. Côavisão (1998)
Carta Arqueológica do Concelho de Vila Nova de Foz Côa (1996)
Estudo analítico do espólio metalúrgico de Aldeia Nova / Olival dos Telhões (Almendra, V.ª N.ª de Foz Côa). Actas do 3º Congresso de Arqueologia Peninsular. Contributos das ciências e das tecnologias para a arqueologia da Península Ibérica.Vila Real 1999 (2000)
Monte Calabro. Rupturas e continuidades. Actas do 2º Congresso Internacional do Rio Douro (1996)
O contributo do espólio cerâmico na interpretação da estação arqueológica de Aldeia Nova/Olival dos Telhões (freguesia de Almendra, concelho de Vila Nova de Foz Côa). Beira Interior - História e Património. Actas das I Jornadas de Património da Beira Interior (2000)
O lagar romano de Aldeia Nova/Olival dos Telhões (Almendra, Vila Nova de Foz Côa). Douro: Estudos e Documentos 12 (2001)
Projecto de investigação arqueológica do Território do Monte do Castelo. Terras do Côa, da Malcata ao Reboredo, Estrela Côa (1998)
Proto-História e Romanização entre Côa e Águeda. Actas do III Congresso de arqueologia de Trás-os-Montes, Alto Douro e Beira Interior. Proto-História e Romanização. Guerreiros e Colonizadores Vol. 3 (2008)
Vilas romanas do território interamniense. O Arqueólogo Português (1977)

Fotografias (0)

Localização